sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

ele sabia
o sabiá sabia
da água que se bebia

Um comentário:

Aglisson disse...

Kléber, delicioso astral do vasto mundinho, hein? Já está marcado e será freqüentado. Como sempre polêmico, criativo, intrigante e reflexivo. Um legítimo cearense!!!
Um abraço!
---

quase kais
letras bóiam
no mar do cais

ou

daqui de casa
teclado à mão
lembrança vaza